Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Thu, 09 Dec 2021
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego
Campeonato Open Velocidade
 
 
Luís Carreira e André Carvalho são campeões nacionais

José Leite e Sérgio Batista foram os vencedores da tarde

Luís Carreira, na Categoria Stocksport 1000, e André Carvalho, na Stocksport 600, são os novos campeões nacionais de motociclismo de velocidade depois de disputada a derradeira jornada da época no Circuito Vasco Sameiro, em mais uma organização do Clube Automóvel do Minho.

A corrida do Campeonato Open de Velocidade/Stocksport 1000 foi interrompida logo na primeira volta em virtude da queda de Rui Reigoto, ele que arrancou na “pole-posiiton” para a prova. O piloto foi transportado ao hospital, apenas por precaução, mas apanhou um valente susto.

No reatamento da corrida, José Leite arrancou muito bem e colocou-se de imediato na frente, levando perto de si Luís Carreira e Tiago Magalhães, por esta ordem. O Campeão Nacional de 2007 conseguiu aos poucos descolar dos seus mais directos adversários, ganhando assim uma margem que deu para vencer a corrida. Luís Carreira conseguiu o segundo lugar, mas sempre acompanhado de perto por Tiago Magalhães, que assim fechou as presenças no pódio. Luís Carreira sucede assim a José Leite como Campeão Nacional, três anos depois de ter conquistado o seu último título nacional.

Sérgio Batista fez o pleno em Braga no Campeonato Open de Velocidade/Stocksport 600, pois venceu as três corridas realizadas nesta pista. Numa prova muito disputada, sendo dividida em duas parte em virtude de um concorrente ter derramado óleo na pista, a primeira «manga» foi vencida por Tiago Dias, mas Sérgio Batista levou a melhor na segunda. No somatório das duas, foi este a levar a melhor. Fernando Costa, foi o segundo classificado e Tiago Dias o terceiro. André Carvalho, quinto classificado em termos gerais, sagrou-se Campeão Nacional desta Categoria, depois de uma corrida de gestão e onde não arriscou nada.

Fernando Neto venceu a última corrida do ano no Troféu Promocup, depois de um domínio completo ao longo das 18 voltas. Mais para trás a luta foi muito animada com várias trocas de posições. Cláudio Silva, já virtual vencedor da Categoria P1, rodou muito tempo na segunda posição até cair na 13.ª volta e abandonar. Nessa altura, Paulo Vicente assumiu a segunda posição, em que terminou a corrida, sendo seguido por Eusébio Ferreira, este a levar a melhor entre os concorrente da Categoria P2. António Gonçalves, foi quinto em termos gerais, tendo ainda à sua frente Bernardo Nabais, mas já tinha arrumado a questão do título da Categoria P2 à entrada para esta derradeira jornada.

Paulo Santos confirmou todo o seu favoritismo no Campeonato de Antigas Livres, e venceu mais uma corrida, fazendo assim o pleno esta época. Contudo, Paulo Sotero foi o primeiro comandante, mas caiu logo na segunda volta. Santos assumiu então o primeiro lugar quei segurou até final. Carlos Serra foi sempre segundo, o mesmo se passando com Diogo José em relação à terceira posição.

No Troféu Nacional de 85cc, André Pires levou a melhor, depois de rodar sempre na frente, terminando com cerca de dois segundos de vantagem sobre Hélder Bessa. Este foi surpreendido por Nicolas Pinto no arranque, mas na quarta volta voltou ao segundo posto, mantendo-se aí até final, tendo Pinto que se contentar com o terceiro lugar. Este, no entanto, levou o título, pois chegou a Braga na frente da classificação e conseguiu manter a posição.

Entre os concorrentes da Copa Cool, o espanhol Victor Fernandes levou a melhor depois de uma luta acesa com André Dominguez e Daniel Vila, tendo estes terminado a corrida muito juntos. Abraham Fernandez, apesar de ter sido quarto, levou o troféu para casa. João Paulo Melo voltou a não dar hipóteses no Troféu de Antigas Clássicas, fazendo assim o pleno nesta época de 2008. José Barbosa foi o segundo classificado, mas ficou longe do detentor do título. O espanhol Javier Cuervo fechou as presenças no pódio, mas levou a melhor entre os concorrentes da Categoria C2.

Por fim, no Campeonato Galego de SportProdução. Isaac Arean, apesar de arrancar na segunda posição, colocou-se de imediato na frente da corrida, pois Miguel Árias, autor da “pole”, arrancou mal e caiu para quinto. No entanto, fazendo uma boa recuperação conseguiu de novo chegar à liderança a duas voltas do final. Arean não se deu por derrotado e, mesmo na última volta, voltou ao comando, vencendo a corrida com um pouco de sorte, pois Árias teve problemas de mecânicos. Em termos absolutos Isaac Arena venceu esta competição que finalizou em Braga. Voltando à corrida, Rafael Fontaine ficou com o derradeiro lugar do pódio. Andrés Gonzalez, nono em termos absolutos e terceiro da Categoria 600, ficou com o ceptro desta classe.

Clube Automóvel do Minho, 2008-10-05
 
Pesquisar
Galerias
Freestyle Motocross Cidade Lisboa 2005
Várias Galerias
Lisboa Down Town 2005
Tiago Monteiro
PT Rally de Portugal
Lisboa Down Town
Dakar 2005
Trial Indoor 2005

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.