Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Wed, 27 Oct 2021
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego
Campeonato Open Velocidade
 
 
Mais duas vitórias para Rui Reigoto

Circuito de Braga 2 – 25 e 26 de Julho

Rui Reigoto foi o vencedor das duas corridas da Categoria Stocksport 1000, na terceira jornada do motociclismo de velocidade, que teve lugar no Circuito Vasco Sameiro, em Braga, em mais uma organização do Clube Automóvel do Minho.

Numa jornada com o tempo a ajudar, pois viveu-se um fim-de-semana de sol, a classe rainha do motociclismo de velocidade nacional teve no pódio sempre os mesmos pilotos, pois Luís Carreira, foi segundo, e José Leite, o terceiro, em ambas as provas.

Rui Reigoto levou a melhor na primeira corrida desta Categoria Stocksport 1000, depois de arrancar da segunda posição, surpreendendo José Leite, que foi o homem mais rápido nos treinos cronometrados. Nas primeiras voltas, Luís Carreira era segundo e Leite, o terceiro, rodando o grupo de comandantes próximo, mas Reigoto conseguiu alguma distância para Carreira e este para Leite, terminando a prova sem alterações.

Na segunda corrida, Reigoto voltou a arrancar bem, levando de imediato Luís Carreira e José Leite atrás. Contudo, desta vez, José Leite conseguiu rodar na segunda posição, depois de trocar de lugar com Luís Carreira, a seis voltas do final. No entanto, o campeão nacional em titulo apostou tudo na última volta e regressou ao segundo posto, relegando Leite de novo para terceiro.

A corrida do Campeonato Stocksport 600, teve duas partes, pois ao fim de três voltas, foi mostrada a bandeira vermelha em virtude da queda de Sérgio Batista, quando discutia a primeira posição com André Carvalho. O piloto foi de imediato assistido e transportado ao hospital, suspeitando-se de traumatismos na bacia e na mão direita. No reatamento, André Carvalho foi para o comando, sempre perseguido por Tiago Magalhães, com este a ganhar um lugar na terceira volta a Nuno Cachada. Este, por seu turno, fechou a lista dos três primeiros.

Marco Castro foi o vencedor da corrida destinada ao Troféu Promomoto 600cc, depois de uma luta cerrada com Manuel Martins, que terminou em segundo. Ao longo das 19 voltas, estes dois pilotos trocaram várias vezes de posição, mas apenas a três voltas do final, Castro conseguiu ficar em definitivo na frente da corrida. Para o derradeiro lugar do pódio a luta foi entre Nuno Nogueira e Paulo Sotero, com os dois a rodarem sempre muito juntos, mas o primeiro conseguiu levar a melhor.

No Troféu Promomoto 1000cc, a luta pela vitória foi acesa entre Tiago Araújo e Paulo Santos, mas foi este a sorrir no final. Ao longo da prova, estes dois pilotos rodaram sempre juntos e alternaram no comando, mas Paulo Santos a quatro voltas do final, agarrou em definitivo o triunfo. Eusébio Nogueira, fechou a lista dos três primeiros, mas longe dos seus adversários.

No que diz respeito à corrida do Campeonato Open 85cc, onde estão também os interessados no Troféu 85cc e Copa Cool, Ivo Lopes foi o vencedor, numa prova onde houve várias trocas de líder. Assim, Romeu Leite começou por liderar, mas Lopes ascendeu ao comando logo na segunda volta. Leite voltou à primeira posição logo a seguir, mas a duas voltas do final, Lopes deferiu um último ataque e voltou a liderar, vencendo a corrida. Leite foi. Assim, segundo e vencedor do Troféu 85cc, tendo atrás de si Angel Outorelo, que ganhou uma posição a Francisco Castro a duas voltas do fim. Em termos de Copa Cool, Daniel Vila venceu, com David Ferreira a ser segundo, e Aaron Almeida, o terceiro.

No sábado já teve lugar a corrida destinada ao Troféu Nacional de Clássicas, onde Nuno André levou a melhor, sendo também, naturalmente, o melhor da Categoria C3. O piloto da Yamaha começou por ser o melhor nos treinos cronometrados, mas Osvaldo Garcia comandou nas primeiras três voltas, perdendo depois o lugar para Nuno André.

Adrian Ermida, que arrancou na quinta posição, fechou as presenças no pódio, vencendo ainda a Categoria 1. Os restantes lugares do pódio apenas ficaram decididos na parte final, quando André Machado ficou pelo caminho, quando era segundo, permitindo assim a Garcia subir a segundo e Ermida, a terceiro.

Por fim, no Campeonato Galego de Sport Produção, Braulio Vasquez, aproveitou da melhor maneira o facto de arrancar da primeira posição, para se colocar na frente da corrida. Martim Fernandez foi o segundo classificado, mas beneficiou da desistência de Miguel Árias, enquanto Marcos Nunez, foi o terceiro.

Clube Automóvel do Minho, 2009-07-26
 
Pesquisar
Galerias
Freestyle Motocross Cidade Lisboa 2005
Várias Galerias
Lisboa Down Town 2005
Tiago Monteiro
PT Rally de Portugal
Lisboa Down Town
Dakar 2005
Trial Indoor 2005

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.